sexta-feira, 4 de agosto de 2017

DJ

Entre os preparativos para o casamento a decisão que mais nos custou a tomar foi a escolha da animação musical.

Passamos pela fase em que não queriamos DJ. Nós levavamos um computador e colocávamos uma playlist e faziamos nós a festa com as nossas escolhas. De inicio, estávamos muito bem resolvidos com esta opção. Até porque sairia muito mais em conta.

Acontece que, começamos a pensar e achamos que nesse dia não queríamos nos preocupar em estar atentos ao computador, às colunas, se as pessoas estão a gostar da música, se querem ouvir outra coisa, atender a "discos pedidos"...e começamos a pensar na opção de contratarmos alguém responsável por esta parte tão importante do nosso dia. 

E começamos a procurar opções.
E o que encontramos foi uma disparidade tão grande de ofertas que se tornou muito difícil escolher. 
Basicamente nós queremos alguém que passe música nos aperitivos, durante o almoço e festa e que dê apoio ao casamento civil. Não queremos coreografias, jogos didáticos, pessoas chatas a puxar os convidados para dançar (detesto estar num casamento e ter coreógrafos a vir chamar-me à mesa e "obrigar-me" a dançar). E a maioria das ofertas recai nesse sentido, e confesso que fiquei um pouco desiludida.

Mas aleluia encontramos um DJ espetacular que não traz consigo esta bagagem de extras que nós não queremos e ainda por cima percebe o nosso gosto musical. Queremos que o nosso DJ agrade aos nossos convidados mas que também nos agrade a nós, afinal de contas a festa é nossa! :)

3 comentários:

  1. Ora, é isso mesmo: a festa é vossa! Tem de vos agradar a vós! Ainda bem que encontraram alguém que corresponde! :)

    ResponderEliminar
  2. Nisso dos DJs parece-me que um amigo que conheça os nossos gostos e não se importo de ter o trabalho é mesmo o ideal!

    ResponderEliminar
  3. Por acaso a nossa "quinta" já trás Dj também e ele mete as músicas que pedimos mais aquelas para as ocasiões"especiais".

    Beijocas

    ResponderEliminar

Barcelona

Só fui a Barcelona uma única vez mas bastou para me conquistar e arrebatar o coração. Amei e amo aquela cidade e sempre que penso em férias...